A GINCANA DO CONHECIMENTO

Com atividades que mobilizaram quase dois mil alunos em 2016, Festival Tô Ligado na Energia foca na mudança de hábitos para disseminar o consumo consciente de energia

Com o formato de gincana, o Festival Tô Ligado na Energia permite que alunos, pais, professores e comunidade interajam de maneira lúdica no processo de aprendizagem e mudança de hábitos no uso da energia. Em 2016, a ação foi promovida em quatro escolas da Bahia e duas de Pernambuco, mobilizando 1,7 mil alunos, e em 2017 está sendo estendida para o Rio Grande do Norte.

“A intenção do projeto é que as crianças assimilem as noções de eficiência energética em um ambiente descontraído e com atividades interessantes.”
Ana Mascarenhas, gerente de Eficiência Energética da Neoenergia

“O projeto trouxe felicidade para nossa escola e digo isso em todos os sentidos. Notamos em sala de aula e na relação do dia a dia que os estudantes sentiam falta da arte, da interação artística.”
Solange Couto, diretora do Colégio Estadual Pedro Calmon

A gincana do conhecimento

“Para nós, da Secretaria de Educação, é uma oportunidade para receber conhecimento de uma forma diferenciada. Ter a Coelba dentro da unidade escolar, aproximando a comunidade e trabalhando conteúdos que fazem parte da realidade do estudante e envolvendo temas como o consumo seguro da energia e a eficiência energética, é muito importante para nós.”
Rowena Brito, secretária de Educação do Estado da Bahia

 

As tarefas envolveram temas ligados ao meio ambiente, como reciclagem, e atividades de sensibilização de moradores para o consumo consciente da energia, sendo identificados os que atendessem aos critérios para receber lâmpadas LED e para a troca de geladeiras.

Em cada escola, o vencedor foi o grupo que obteve a maior pontuação nas tarefas distribuídas, o que incluiu a produção de peças teatrais, grafites e outras manifestações artísticas.

A gincana do conhecimento

“Percebemos a carência com relação à arte e à consciência sobre o consumo da energia elétrica. Esse trabalho da Coelba nos permitiu construir essa ligação entre a arte e o conhecimento sobre a energia.”
Débora Barreto, estudante, 17 anos

 

“Para a Coelba é fantástico estar falando sobre o uso consciente e seguro da energia de uma forma tão dinâmica. A gente percebe pela qualidade das apresentações dos alunos que o conceito que passamos foi enraizado. A partir disso, a disseminação com certeza será assertiva”. 
Dulce Laura, engenheira de Segurança da Coelba