A LUZ DA RECICLAGEM

Projeto Vale Luz troca resíduos sólidos que seriam jogados no lixo por descontos na conta de energia de clientes residenciais

A união de aspectos econômicos, ambientais e sociais faz do Projeto Vale Luz uma iniciativa plenamente sustentável. Além de facilitar o acesso à energia por consumidores de baixa renda, tem o objetivo de estimular o uso racional e a reciclagem de metal, papel, papelão e plásticos e minimizar os impactos negativos causados pelos resíduos no meio ambiente. Contribui ainda na geração de emprego e renda para as associações e cooperativas de reciclagem parceiras do projeto em Salvador, Recife e Natal.

Em 2016, inscreveram-se 1.571 consumidores, que entregaram mais de 500 toneladas de material reciclável e receberam desconto nas faturas de energia de R$ 115.530,48. O projeto integra o Programa de Eficiência Energética das distribuidoras do Grupo Neoenergia (Coelba, Celpe e Cosern), regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Iniciado em 2008 na Coelba, o projeto é dirigido a moradores de comunidades populares. Em 2011 chegou à Celpe e, em 2014, à Cosern. A partir de 2016, passou a incluir condomínios residenciais. Na Coelba, há ainda o Vale Luz Empresa, criado em 2011, no qual a coleta de resíduos é feita em empresas parceiras e os valores arrecadados com a reciclagem são transformados em descontos na conta de luz de instituições beneficentes.

Cada tipo de resíduo possui um valor específico por quilo que gera o desconto equivalente na conta de energia do cliente ou de alguma instituição beneficente indicada.

Luz da reciclagem