ENERGIA LIMPA

O biogás proveniente da decomposição de resíduos de alimentos e folhagens e de efluentes sanitários é uma fonte sustentável de energia que está sendo produzida pelo Grupo Neoenergia

A tecnologia do biogás marca três projetos – dois da Celpe e um da Coelba – que têm como objetivo identificar fontes alternativas de energia limpa, reduzir o impacto ambiental do descarte de lixo em aterros e do desperdício do potencial energético do esgoto.

O primeiro foi desenvolvido em parceria com o Camará Shopping e a Prefeitura de Camaragibe (PE) para gerar energia a partir de resíduos de alimentos e folhagens que seriam descartados em aterros sanitários. Pioneira no Brasil, a iniciativa da Celpe recebeu o Prêmio Eco 2016, considerado o mais importante reconhecimento no país, na categoria Processos – Empresas de Grande Porte, concedido pela Câmara Americana de Comércio – Amcham. Foram instalados biodigestores e um microgerador de 30 kVA para a geração de energia elétrica no chamado horário de ponta, das 17h30 às 20h30.

Outros dois projetos têm o esgoto como base para a geração de energia. Na Bahia, a usina de energia foi inaugurada em dezembro de 2016 na Estação de Tratamento Jacuípe II, em Feira de Santana, em parceria com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). Em Pernambuco, a Celpe desenvolveu com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) projeto que tem previsão de entrar em operação no segundo semestre de 2017, na cidade de Caruaru. As usinas têm capacidade de gerar até 80% da demanda energética das estações de tratamento.