FÉ SERTANEJA

A tradição da Folia de Reis no Alto Sertão da Bahia é retratada em livro e filme com o apoio da Coelba.

Uma das mais ricas manifestações da cultura nordestina está sendo resgatada e difundida por meio de um filme e de um livro com o patrocínio da Coelba, empresa do Grupo Neoenergia. O projeto Trilha de Reis aborda os Ternos de Reis do Alto Sertão da Bahia com o livro Reiseiros, vida de sorte e saúde e o longa-metragem Tudo tem um tempo, que narram e ilustram os simbolismos da tradição religiosa e cultural dos reisados sertanejos, através das vivências e visões de mundo dos seus membros mais antigos e apaixonados.

O livro traz, em textos e fotos, relatos da vivência experimentada pela equipe do projeto durante sua realização, que contemplou um período de pesquisa e o registro do Reisado no Alto Sertão da Bahia no ano de 2017, representados por alguns dos Ternos mais tradicionais da região. A publicação, de 128 páginas, tem textos assinados pela jornalista Luciana Accioly, especialista em Cultura Brasileira. As imagens são de Ricardo Prado, fotógrafo pesquisador das expressões artísticas e religiosas da Bahia.

Já o documentário Tudo tem um tempo traz a jornada de seis dias de peregrinação dos Reiseiros do Riacho da Vaca, comunidade que abriga um dos Ternos mais antigos da região.  Foi por meio de um reiseiro desta comunidade que surgiu a inspiração para o projeto. “Em 2010, conhecemos José Sabino, reiseiro de 92 anos, que acabou falecendo dois anos depois. Apesar da saúde debilitada, ele falava sobre o Ritual dos Reis de forma apaixonada e cativante. A partir daí surgiu o interesse em conhecer e entender o porquê daquela tradição estar sendo perpetuada por aquela comunidade há mais de 150 anos”, explica Sabrina Alves, sócia da produtora Olho de Peixe e diretora do filme.

 

 

Após sete anos deste contato inspirador, a diretora Sabrina Alves e o produtor executivo Cristiano Britto retornaram à região para realizar o projeto Trilha de Reis, que apresenta o documentário como um dos produtos da obra  Reiseiros, vida de sorte e saúde. A equipe de filmagem acompanhou de perto as experiências e situações vividas pelos reiseiros, proporcionando ao espectador uma visão sobre esta tradição singular, a partir de questões tão humanas e universais como o amor, a fé e a própria existência.

A iniciativa conta com o patrocínio da Coelba e Governo do Estado, através do Fazcultura, da Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia,e contempla também uma websérie com 10 episódios, disponível no site www.reiseiros.com