Nossos Compromissos

O Grupo Neoenergia é associado a organizações nacionais e internacionais que contribuem com diretrizes, indicadores, princípios e metas para a gestão sustentável de seus negócios.

Os pactos firmados orientam a Neoenergia e suas empresas no alinhamento das práticas de gestão em prol dos direitos humanos, dos direitos do trabalho, da preservação ambiental, do combate à corrupção, além de relações éticas e transparentes com a sociedade.

A Neoenergia atua de forma inovadora, medindo ou minimizando os impactos de suas operações, produtos, serviços e atividades sobre as economias, as pessoas e o planeta.

​Conheça alguns dos pactos firmados pelo Grupo Neoenergia:

Pacto Global
O Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) estimula a responsabilidade social corporativa por meio da adesão voluntária a dez princípios que envolvem direitos humanos, direitos do trabalho, preservação ambiental e combate à corrupção.

O Grupo Neoenergia se tornou signatário em agosto de 2007 e, a cada ano, relata suas ações e avanços relativos aos dez princípios do Pacto no Relatório de Sustentabilidade.

Instituto Ethos
O Grupo Neoenergia é associado ao Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, assim como as distribuidoras Coelba, Celpe e Cosern.

O Instituto Ethos se dedica a mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas na gestão dos negócios de maneira responsável, para a construção de uma sociedade justa e sustentável.

A organização oferece a seus associados indicadores e ferramentas que auxiliam a inserção da sustentabilidade na gestão dos processos.

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável – CEBDS
A Neoenergia aprovou sua associação ao CEBDS em junho de 2016. O Conselho é uma associação de empresas, sem fins lucrativos, que articula ações junto aos governos e à sociedade civil para o desenvolvimento sustentável. Representa as suas associadas junto à Conferência das Partes da ONU sobre Mudança de Clima desde 1998.

Comunitas
Também em junho de 2016, o Grupo Neoenergia se associou à Comunitas, organização de sociedade civil que reúne empresas brasileiras no sentido de contribuir para o aprimoramento dos investimentos sociais corporativos de forma a reduzir as desigualdades do país.